O estado é uma gangue de ladrões em larga escala

Há um vasto esforço de propaganda feito pelo estado e por aqueles em sua folha de pagamento — ou por aqueles que gostariam de estar em sua folha de pagamento — para nos convencer de que é perfeitamente legítimo que uma organização essencialmente parasítica viva à nossa custa, com seus integrantes mantendo um alto padrão de vida, nos roubando com seus impostos, destruindo nosso poder de compra com suas políticas inflacionistas, transferindo nosso dinheiro para privilegiar grandes empresas, restringindo nossas liberdades empreendedoriais, nos impedindo de comprar bens importados, nos convocando compulsoriamente para o serviço militar, e controlando totalmente nosso modo de vida.

O fundamento lógico para a privatização total

Sobre o autor: Hans-Hermann Hoppe é um filósofo e economista libertário alemão-americano da escola austríaca, de tradição anarcocapitalista. É professor emérito de economia na Universidade de Nevada, Las Vegas, tendo se aposentado em 2008. Obteve seu Ph.D. na Universidade de Frankfurt Johann Wolfgang Goethe, na Alemanha. É membro sênior do Ludwig von Mises Institute e co-editor do periódico Review of Austrian Economics.

A classe política irá pagar pelo que fez?

As quarentenas e proibições decretadas politicamente destruíram recentemente dezenas de milhões de empregos no país. Os políticos reivindicaram efetivamente o direito de infligir danos econômicos ilimitados em busca de zero contágio no COVID-19. Os incentivos perversos que regem a política multiplicaram o dano muito além do perigo original. Quase 40% das famílias que ganham menos de US$ […]

A refutação definitiva do keynesianismo

[Prefácio do livro O fracasso da Economia Moderna, publicado no site do Instituto Rothbard] Para a maioria das pessoas, a economia foi sempre a “ciência sombria”, a ser ultrapassada rapidamente por um esporte mais divertido. E, no entanto, um olhar sobre o mundo de hoje mostrará que passamos por cima da economia por nossa conta e […]

Impressão de moeda não é a solução para a crise

Em resposta ao coronavírus, os bancos centrais de todo o mundo estão propondo a impressão de moeda. A justificativa é de que isso vai impedir os efeitos colaterais econômicos negativos que o pânico relacionado à pandemia tem causado nas economias.  Por mais atraente que pareça, essa visão é incorreta. A ideia de que mais dinheiro […]